Expatriados: o networking continua!

Atualizado: 3 de Nov de 2019

É dando que se recebe! Você provavelmente já ouviu esta frase. Ela faz parte da oração de São Francisco de Assis, mas independente de estar dentro de um contexto religioso peço que você pense nela de forma literal. Na minha leitura literal interpreto como uma troca o que me remete ao networking.


Estar aberto à novas relações é imprescindível para começar novas amizades e dar a chance de conhecer e ser conhecido em um novo círculo social e profissional.

Penso também que podemos chamar o networking de: construção de relacionamento, conexão ou até estabelecer novas amizades. É como pegar o método de relacionamento que você utiliza de forma natural quando se relaciona pessoalmente e utilizá-lo para criar relacionamentos voltados para sua área profissional e vocacional.


Um dos grandes segredos de criar e construir uma relação é através de presentes. Quando digo presentes, não significa algo de valor monetário e sim algo que irá agregar ao outro com o qual você está interagindo. Por exemplo: o melhor presente que você pode oferecer à alguém que lhe solicita uma determinada informação é a própria informação ou a indicação de outro alguém que possa contribuir. Outro exemplo é quando mudamos de pais e começamos uma nova vida… um dos maiores presentes é conhecer alguém que possa nos oferecer informações sobre o novo ambiente, desde endereços úteis do dia a dia doméstico até lugares onde podemos encontrar vagas de emprego.


Quando oferecem ou oferecemos algo para alguém que está chegando, é como se fosse um presente e quem já passou por uma necessidade destas sabe do valor que isto tem quando estamos totalmente “perdidas” numa vida nova.  Um ponto importante desta fase de construir relações é que não necessariamente, a pessoa que você presenteia, irá retribuir na mesma moeda e na mesma hora. Você oferece randomicamente e recebe randomicamente.. lembre-se: “é dando que se recebe” e isto é de forma ampla. Hoje você pode estar precisando de ajuda e amanhã você pode ajudar alguém, é uma dinâmica que se alimenta e oferece abundância aos que participam deste movimento.


Onde fazer networking, quando moramos fora?

No contexto de expatriação, existem clubes sociais que fomentam o networking entre os estrangeiros, mesmo que num primeiro momento social. Aqui mesmo em Bruxelas fui logo procurar um que pudesse participar e me “acolher”. Estes clubes estão em diversas localidades do mundo e abertos à receber e oferecer oportunidades de trocas entre os participantes com o objetivo de acolhimento e boas vindas aos que estão chegando. Os clubes promovem rodas de conversas, almoços, cafés, feiras interativas, palestras, etc.


Outra fonte onde podemos criar novas relações são as redes profissionais e associações. Este também foi outro canal que usei logo que mudei. Como já era coach no Brasil e seguia a Federação Internacional de Coaching (ICF) em São Paulo, fui procurar o capítulo Belga. Comecei a conhecer um pouco da dinâmica de trabalho por aqui e interagir com profissionais locais. Sempre que possível participava de eventos online ou presenciais e logo que foi possível, me tornei membro da Federação em Bruxelas. Este canal é bem interessante pois me deu um panorama da minha área de atuação profissional e o networking realmente tinha a finalidade voltada ao trabalho. Através deste canal, fiquei atualizada sobre as tendências e acontecimentos na minha área de interesse, além de ampliar contatos. Também através deste canal, busquei uma escola para realizar uma nova certificação em coaching.


Também não posso deixar de comentar que a internet é alvo certo para achar amigos e profissionais em seu novo local de moradia. Como sabemos, existem diversas redes virtuais que nos oferecem relações sociais à profissionais, tais como Facebook, Pinterest, Instagram, Twitter, Linkedin (esta última tem o foco 100% profissional)… Nestas redes você pode procurar grupos específicos de assuntos de seu interesse e também grupos na localidade onde estabeleceu residência. Por exemplo: aqui na Bélgica, como em diversos países, você encontra um grupo chamado Brasileiros na Bélgica. 


Uma outra fonte para quem tem filhos, é a própria escola das crianças. Lá você pode encontrar pais na mesma situação ou alguns que já tenham passado pelo seu momento atual e que podem oferecer bons “presentes” para quem está começando nesta nova comunidade. Caso seu filho estude numa escola internacional, certamente você terá a oportunidade de interagir com famílias que irão ajudar. Geralmente a própria escola fomenta estas relações de suporte às novas famílias.


3P: Paixão, Presentes e Persistência

Networking não é sobre “quantos cartões de visitas ainda estão no seu bolso” e sim criar conexões autênticas. Uma das formas de se conectar de forma autêntica é falando daquilo que realmente gostamos (somos apaixonados) e temos em comum com a outra parte, independente se é ou não um assunto voltado ao trabalho. Quando encontramos um assunto comum e fazemos isto através do interesse sincero  pelo outro, através de perguntas, a conversa é fluida e de fato nos conectamos.

Você pode investir em uma nova relação oferecendo, dando.. os presentes que escrevi acima: novas conexões, uma ajuda, dicas, a cópia de um artigo interessante, o nome de um site, ouvindo as pessoas e entendendo o que poderia ser útil à elas e quais as paixões delas, o que elas realmente gostam. Oferecer presentes especialmente quando são ligados às paixões podem ser os melhores e não custam nada.


Seja persistente! Ir à um encontro para conhecer novas pessoas pode não ser suficiente para estabelecer novas conexões. Amizades, contatos e confiança são construídos com o tempo e precisam ir amadurecendo para se concretizar. Além de precisarem de uma troca nutritiva. Para que haja troca é preciso de uma constância, então acredite e siga frequentando os grupos de networking que fazem sentido à você. Certamente às pessoas que estão presentes buscam os mesmos ou similares objetivos.

Aproveite às oportunidades de conhecer e ser conhecido e esteja aberto ao que a vida traz e oferece. Hoje você pode estar chegando em um novo lugar e amanhã pode estar oferecendo lindos presentes aos que chegam. Lembre-se, é dando que se recebe.


#brasileirospelomundo

#brasileirosnabelgica

#ticianatucci

#vidadeexpatriado

#reinvencaodecarreira

#carreirainternacional

#repensaracarreira

#coachingdecarreira

#coachingdecarreiraparaexpatriadas

0 visualização

Ticiana Tucci - Desenvolvimento Humano - Human Development

ticiana.tucci@gmail.com

 

+32 477 52 72 46

 

 

 

© 2019 Todos os direitos reservados para Ticiana Tucci / All rights reserved for Ticiana Tucci

whatsapp_icone.png
  • Instagram
  • Facebook