Networking: Vivendo em outro país

Você sabia que a mulher, dentro de um novo contexto (no caso uma mudança de pais), é quem estabelece novas amizades e adapta-se mais facilmente ao novo contexto? Quem revela estes dados é o Instituto americano Interchange, situado em Brookline MA.  A pesquisa ainda mostra que as mulheres com uma forte rede social de relacionamentos são geralmente mais saudáveis física e emocionalmente em relação às mulheres que vivem de forma mais isolada. 


Quando falamos em networking logo pensamos na perspectiva profissional, mas ele também está ligado ao viés pessoal. Quando nos mudamos e vamos iniciar nossa vida em um novo local, começamos à estabelecer novos contatos assim que possível e isto também é networking. Você já se deu conta deste ponto?


Novos contatos para a nova vida!

Lembro-me que assim que soube que mudaria para a Bélgica logo comecei a pensar nas pessoas que já haviam morado por aqui ou ainda estavam vivendo. Havia uma só e logo fui conversar com esta amiga que tinha passado 5 anos por aqui e havia voltado para o Brasil na época. Neste caso eu já conhecia esta amiga, mas ela foi a primeira fonte que indicou outros contatos de pessoas que já viviam por aqui e poderiam me falar da vida prática em um pais tão distante e diferente da minha realidade. Existem casos também que a gente não conhece diretamente uma pessoa que já viveu ou vive no pais para onde vamos, mas conversando e compartilhando esta informação com pessoas de nosso convívio, elas podem conhecer alguém, que sabe de outro alguém e por fim conseguimos a conexão e a informação que precisávamos para nos sentirmos melhores nesta coleta de dados da nova fase de vida. Vamos formando uma rede de contatos, neste caso com o objetivo pessoal, mas não deixa de ser a sua nova rede se formando para encarar as novidades que estão por vir. 


Congratulações 🙂

Parabéns se você construiu estes caminhos, sinal que você sabe fazer networking e pode (e deve) faze-lo também com o objetivo profissional. Muitas vezes acreditamos que só poderemos tomar a iniciativa ou participar de momentos de troca profissional quando tivermos nosso cartão de negócios em mãos, mas não! Networking é compartilhar, ser gentil, ajudar e também fazer novas amizades.


E as relações com objetivos profissionais?

Vamos voltar para a perspectiva profissional. Você sabia que as vagas anunciadas pelas empresas, geralmente são preenchidas através do networking? Esta ferramenta nos oferece maiores chances de conhecermos a pessoa certa, no momento certo, para a vaga certa! Posso novamente compartilhar o meu próprio exemplo: Prestava serviços na área de desenvolvimento de RH para uma consultoria global no Brasil. Quando me mudei, verifiquei se esta empresa tinha escritório em Bruxelas e a resposta foi sim! Logo solicitei a minha gerente de projetos que verificasse com a CEO do Brasil se ela poderia fazer a conexão com a empresa aqui em Bruxelas e foi quando consegui minha primeira reunião com o escritório. De imediato a CEO da Bélgica, via o e-mail que nos conectava,  já adiantou que não haviam muitos projetos em inglês… apenas 5% da demanda anual era no idioma de meu domínio… mesmo assim reforcei meu interesse em conhece-la e conhecer a estrutura da empresa na Bélgica, aproveitando esta oportunidade única que estava surgindo através do networking. Nos conhecemos em fevereiro de 2016, ela ficou surpreendida com meu perfil e experiência e de imediato agendou uma reunião com o diretor de todos os projetos da consultoria para que ele também me conhecesse. Resultado: conversei com ele, no momento não havia de fato algo que eu pudesse contribuir, mas após um ano eles me chamaram e realizei um grande projeto em coaching de carreira para uma grande empresa multinacional americana. Durante o período de um ano em que não fui chamada por esta consultoria, me conectei com os dois novos contatos pelo Linkedin e mantinha sempre as minhas novidades atualizadas. Nos mantínhamos conectados e sempre que possível interagia com eles, para que eu pudesse estar no “radar” deles. Você já pensou em fazer algo parecido, caso a empresa que você trabalhou no Brasil tenha algum escritório, fábrica, fornecedor em seu novo local de moradia?


Construindo a sua rede

Será através de sua rede de contatos que provavelmente você encontrará sua próxima oportunidade de trabalho. A rede pode ser real (através de familiares, amigos, conhecidos) ou virtual (através do Linkedin). Aprender a como fazer networking é fundamental para aqueles que buscam uma carreira portátil, onde podem trabalhar em qualquer lugar que viverem.


Como uma aranha, você não consegue construir a sua rede de forma instantânea. Leva tempo e sempre começamos com as pessoas que conhecemos – familiares, amigos próximos, conhecidos ou até aqueles que reencontramos nas redes virtuais depois de longa data. 


Sua rede pode ser composta pelas seguintes pessoas:

Família, Amigos, Vizinhos (atuais e antigos)

Amigos de trabalho (atuais e antigos)

Conhecidos socialmente (pais da escola dos filhos, pessoas da aula de esporte que fazemos, clubes que participamos)

Colegas de cursos, professores e colegas de alumni

Pessoas da igreja que frequentamos ou outros grupos

Pessoas que conhecemos em eventos 

Pessoas que convivemos em nosso dia a dia (funcionários das lojas que frequentamos, cabeleireiro, gerente do banco, etc)

Uma vez que estabelecemos nosso primeiro nível de contato, podemos descobrir que pessoas conectadas à este nível podem nos interessar e podemos também ser de interesse deles. É uma troca! Nossa rede é como um elástico, está sempre esticando para caber mais pessoas e crescer. 


Pergunte e seja direto!

Mas como saber se alguém da rede de meu contato pode me ajudar e ser adicionado à minha rede? Perguntando! Isso mesmo:-) Podemos fazer perguntas sobre a necessidade específica que temos. Estou certa que fazemos isto em nossa vida pessoal. Por exemplo: quando necessito de uma costureira, logo pergunto para as pessoas que conheço sobre esta necessidade. Não é verdade? Assim que cheguei aqui, morei 2 meses em um hotel e precisei saber coisas bem básicas de quem havia acabado de aterrissar em terras desconhecidas. Quem me ajudou foi a camareira e concierge portuguesa de onde estava hospedada. Ela me deu todas as dicas práticas de lavanderia, produtos de limpeza, alimentares, compras, etc. Foi realmente de muita utilidade este contato, além dela ser uma pessoa muito querida que falava o mesmo idioma. Sou muito grata à ela.


Por fim…

Networking faz parte das atividades normais de nossas vidas. E porque não estende-lo também para a busca de oportunidades de trabalho assim como fazemos quando buscamos uma costureira, uma academia, um jardineiro em nossas vidas pessoais?



#brasileirospelomundo

#brasileirosnabelgica

#ticianatucci

#vidadeexpatriado

#reinvencaodecarreira

#carreirainternacional

#repensaracarreira

#coachingdecarreira

#coachingdecarreiraparaexpatriadas

#networkingpelomundo

2 visualizações

Ticiana Tucci - Desenvolvimento Humano - Human Development

ticiana.tucci@gmail.com

 

+32 477 52 72 46

 

 

 

© 2019 Todos os direitos reservados para Ticiana Tucci / All rights reserved for Ticiana Tucci

whatsapp_icone.png
  • Instagram
  • Facebook