Vida de Expatriado: Mudei de país, no que posso trabalhar?

O que você decide fazer quando mora fora, tanto no âmbito profissional como no pessoal, depende de sua situação, opções disponíveis e escolhas pessoais, mas o que realmente importa é você encontrar algo que te preencha e faça sentido à sua vida. Algo que traga motivação e que você sinta que contribui e faz a diferença. Não existe uma regra. O que funciona muito bem para um, pode não funcionar ao outro. O importante é aproveitar a oportunidade para experimentar novos ares e, por que não, novos campos de trabalho?  

Normalmente uma atividade leva à outra. Por exemplo: um trabalho voluntário, pode levar à um trabalho remunerado… Seguem algumas opções que podem ser interessantes e válidas:


Trabalhos tradicionais

Uma oportunidade de trabalho tradicional (5 vezes por semana, período integral) pode incluir as seguintes possibilidades:

Trabalhar em seu empregador atual remotamente como um prestador de serviços ou em uma unidade da empresa através de uma transferência de cargo. Ainda em seu atual empregador você pode mudar através de um projeto específico.Encontrar um trabalho na empresa de seu companheiro/aTrabalhar em uma empresa internacional.Trabalhar como professora na escola de seus filhos (caso eles estejam em uma escola internacional) ou dar aulas em uma escola de idiomas.Trabalhar em seu ramo de atividades em empresas de sua nacionalidade.


Trabalhos não tradicionais

Muitas de nós ao mudar de país  cria seu próprio negócio ou empreende de uma certa forma, trabalhando como independente (autônoma) equilibrando a vida profissional e pessoal. Atualmente com a tecnologia diminuindo as distâncias, há possibilidade de trabalhar com clientes pelo mundo, não importando onde estão fisicamente.

Este formato de trabalho, em teoria, oferece o “melhor dos dois mundos”: satisfação, remuneração e flexibilidade para acompanhar a rotina familiar, viajar e explorar o novo local de moradia. 

O trabalho independente pode não oferecer a melhor remuneração, mas certamente oferecerá mais espaço para criatividade e oportunidade para tentar algo novo. 

Às áreas que oferecem este formato são:

Consultoria e ensino (como professora)Transformar-se em um consultor de treinamento em interculturalidade. Geralmente às empresas de relocationtrabalham com expatriados, pois partem do pressuposto que são pessoas que sabem como funciona o processo de expatriação e acomodação de uma família ao novo local de vida. Freelancer, como escritor, oferecendo dicas do país em que está vivendo e de viagens, jornalista, tradutor, web-designer. Realizar palestras presenciais ou pela internet em seu campo de atuação.


Aviso importante para quem trabalha online:

Trabalhar de seu próprio computador, quer seja como um funcionário integral de uma organização ou de forma independente, pode oferecer ótimos benefícios. Geralmente não há necessidade de permissão de trabalho (se o empregador e cliente está em outro país) e você pode continuar em seu campo de conhecimento e experiência. 

Existe um desafio neste formato: trabalhar de casa, em um ambiente estrangeiro, pode ser solitário. Existem pessoas que precisam do contato social e a troca com os colegas de trabalho e sentem-se muito sozinhos quando trabalham de casa. Uma das soluções é buscar um local de trabalho compartilhado (co-working) onde há possibilidade de conhecer novas pessoas que também trabalham remotamente ou cafés que oferecem um bom wi-fi. 

Pesquisas recentes mostram que o contato social frequente é importante para a saúde mental e até física.


Trabalho não remunerado e repleto de sentido

Morar fora de seu país de origem pode oferecer a oportunidade de cuidar de si e ter um tempo para você mesma, ajudar os outros e fazer algo que sempre gostaria de ter feito, mas nunca houve tempo. Para quem sempre trabalhou, não precisa e não depende de uma remuneração, pode ser uma excelente oportunidade para:

Ter tempo de qualidade com a família e aproveitar a aventura de criar os filhos em um ambiente internacional.Ajudar outras pessoas através de trabalho voluntário.Organizar grupos de apoio e criar comunidades (presenciais ou online) em sua área de interesse onde percebe que pode agregar e ajudar.Continuar sua própria educação ou estudar algo totalmente diferente em uma escola/universidade local ou através de cursos online.Conhecer profundamente seu novo local de moradia, o novo país em que habita. Aprender o idioma, conhecer os costumes, a cultura, as comidas…Praticar seu esporte favorito ou conhecer um novo esporte e aprender uma nova habilidade.Desenvolver seus talentos criativos: pintura, escultura, música, dança, fotografia, jardinagem…Escrever sobre os momentos que está vivendo, criando um diário sobre esta experiência única. 


trabalho voluntário pode promover muita satisfação. Como voluntário você pode escolher a causa de seu interesse e organizar sua própria agenda. Ajudando outros, você pode desenvolver novas habilidades, conhecer pessoas com o mesmo interesse, locais e ganhar ainda mais “perspectiva em sua vida”. 

Importante: registre as habilidades/competências que desenvolveu e praticou neste trabalho, além das experiências. Estes aspectos devem ser adicionados ao seu currículo e podem ser úteis quando voltar à busca de um emprego. 

Como você pode ver, existem vários formatos de trabalho quando vivemos em um novo contexto. Antes de adentrar em qualquer um destes caminhos, sugiro uma leitura de si mesmo para entender o que faz sentido neste momento de sua vida. A partir deste ponto, seguir seu caminho e estar aberto às descobertas. 

Boa jornada e aproveite esta oportunidade única em sua vida.


#brasileirospelomundo

#brasileirosnabelgica

#ticianatucci

#vidadeexpatriado

#reinvencaodecarreira

#carreirainternacional

#repensaracarreira

#coachingdecarreira

#coachingdecarreiraparaexpatriadas

0 visualização

Ticiana Tucci - Desenvolvimento Humano - Human Development

ticiana.tucci@gmail.com

 

+32 477 52 72 46

 

 

 

© 2019 Todos os direitos reservados para Ticiana Tucci / All rights reserved for Ticiana Tucci

whatsapp_icone.png
  • Instagram
  • Facebook